MetaGames

MetaGames: Ori and the Blind Forest

O que não fazemos por aqueles que amamos? Estamos dispostos a cometer os atos mais hediondos e os mais nobres atos de altruísmo. Podemos tirar vidas e dar a nossa própria. Com base na força do amor materno, Ori and the Blind Forest, vencedor…

MetaGames: Hotline Miami

Entre uma porrada de taco de beisebol, o tiro certeiro de uma escopeta e o estilhaçar de vidro provocado por uma metralhadora, você é capaz de perceber a brutalidade avassaladora de um jogo permeado por uma trilha sonora elétrica.  Hotline Miami é uma obra…

MetaGames: Abzû

Você se lembra de toda aquela sensação de insignificância perante o mundo, de solidão e de propósito que você sentiu jogando Journey? Sim?! Então prepare-se para sentir boa parte disso jogando Abzû, distribuído pela 505 Games e desenvolvido pelo estúdio Giant Squid. Para melhor aproveitar a…

MetaGames: Fez

“No interior da caverna permanecem seres humanos, que nasceram e cresceram ali. Ficam de costas para a entrada, acorrentados, sem poder mover-se, forçados a olhar somente a parede do fundo da caverna, sem se poder ver uns aos outros ou a si próprios. Atrás…

MetaGames: Journey

Começo esse MetaGames com um enorme peso no peito e, também, certa frustração. Esse game é meu indie favorito, figura entre os 10 melhores jogos da minha vida e foi o responsável por me introduzir ao mundo dos jogos de baixo orçamento. Esse “colosso”…

MetaGames: Braid

Até hoje nunca me perguntaram qual é minha palavra favorita. Isso me magoa. Isso lateja no fundo da minha alma. Por isso tenho fé que você, leitor, agora tenha interesse em conhecê-la. Dialética, sem duvida é meu vocábulo preferido. Que nada mais é que…