Nostalgia

Nostalgia: Tootsie

Nos primórdios da adolescência, quando me raiavam os primeiros fiapos de homenzinho e os hormônios anunciavam chegada breve, pelo menos umas três vezes me vesti de mulher. Explico: meu pai, tios e primos, quando se reuniam em festança de fim de semana numa casa…

Nostalgia: 1900 de Bertolucci (Novecento)

“Verdi è morto!”, urrava em lamentos um indigente corcunda pelos campos e estábulos de uma fazenda no interior da Itália. Assim se a anunciava o século mais revolucionário da História. Simultaneamente, gritava-se “Un bambino!” tanto na varanda do casarão dos proprietários, quanto das frestas…

Nostalgia: Amarcord

Disse uma vez Louis Armstrong: “O jazz não é um quê. É um como”. Usurpador de boas definições que sou, digo eu: “Amarcord não é um quê. É um como”. Amarcord é um processo, um caminhar. Amarcord não é uma história, uma trama, um…

Nostalgia: Golpe de Mestre (The Sting)

Ouviu-se um grito no tradicional Cinema Roxy em Copacabana. Não um grito escandaloso, inconveniente. Mas algo íntimo e secreto, eclodido nas entranhas de quem fora surpreendido por algo arrebatador. Sim, confesso que gritei de êxtase por dentro, talvez um putaquepariu abafado por ruídos mais…

Nostalgia: Era Uma Vez na América (Once Upon a Time in America)

Quando se fala em máfia e gângsteres, qual o primeiro grande filme que lhe vem à cabeça? Não se trata de pegadinha. Nem quiz. Nem pesquisa. Apenas curiosidade. Dou-lhe uma. Dou-lhe duas. Dou-lhe três. Pronto. Imagino que a maioria pensou em O Poderoso Chefão…

Nostalgia: A Montanha dos 7 Abutres (Ace in the Hole)

O Presidente da República recém eleito – e portanto legitimado – espinafrou em público a Folha de São Paulo e um repórter do Globo. Pior: deu chilique, proferiu impropérios e ameaçou os dois jornais com corte de verbas publicitárias do Governo. O Presidente dos…