Os 3 Infernais (3 From Hell), dirigido por Rob Zombie, lançado em 23 de outubro

“Caro leitor, devo me desculpar, antes da conclusão, por estar publicando, possivelmente, aquela que se apresenta como a pior crítica que já produzi aqui no site. Mas quando o filme não é nada inspirador, e que é tão ruim a ponto de sequer te inspirar a escrever com vigor todas as coisas que te incomodaram nele, não há como se traduzir em uma resenha palavras bem colocadas à procura de um lapidação tão mais rebuscada. O fato é, eu poderia resumir os cinco parágrafos em apenas uma frase e isso já estaria de bom tamanho: ‘Os 3 Infernais não tem nada a dizer para ninguém, não tem razão de ser, não produz qualquer efeito em seu espectador’.”
Por Rene Michel Vettori em crítica publicada em 25 de outubro


Amor em Jogo (Kicking Out Shoshana), dirigido por Shay Kanot, lançado em 1º de novembro

“Por falar em mocinha, a performance de Gal Gadot está longe das maravilhas. É constrangedora. Realmente constrangedora. É como se ela estivesse fazendo um zumbi em “The Walking Dead” versão hebraica. Catatônica. A Siri, assistente virtual do Iphone, consegue ser mais expressiva. Principalmente quando a Siri faz beat box, maravilha que você pode conferir aqui e é muito mais legal que o filme. Amor em Jogo é um jogo de erros. No futebol, ele seria lembrando como um gol contra. No cinema, ele só será esquecido.”
Por Marco Medeiros em crítica publicada em 8 de setembro

Sugestões para você: