– Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississippi (Mudbound), dirigido por Dee Rees, lançado em 15 de fevereiro

Mudbound é Cinema necessário e, ainda que esteja, sim, surfando na onda do politicamente correto que vem tomando conta do mundo e da Academia em especial, ele se ergue acima de qualquer crítica que possa ser feita nesse sentido ao pegar um tema delicado como o racismo e usá-lo não só para falar sobre preconceito em geral, mas também sobre a própria condição humana enquanto ser social.”
Por Gustavo David em crítica publicada em 16 de fevereiro


Jogador Nº 1 (Ready Player One), dirigido por Steven Spielberg, lançado em 29 de março

“Sei que eu sou parcial e que eu simplesmente amo não apenas histórias de aventura – e essa está lá no topo da minha lista, junto com “De Volta Para o Futuro” e “Tron” – mas também nerdices e cultura pop, e por isso mesmo tentei procurar qualquer escorregão que o filme pudesse ter antes de dar minha nota. Só para evitar as acusações dos corksniffers de plantão. E na boa? Não achei. Nadica de nada. Nem as cenas deliberadamente feitas pra justificarem o preço do ingresso no Imax. Saí da sala do cinema com um sorriso no rosto como há muito não tinha. Com a alegria de quem revê um velho amigo que o lembra porque diabos você começou a gostar de filmes.”
Por Vlamir Marques em crítica publicada em 31 de março

Sugestões para você: