– Vingadores: Guerra Infinita (Avengers: Infinity War), dirigido por Anthony Russo e Joe Russo, lançado em 26 de abril

Vingadores: Guerra Infinita cumpre seu papel com maestria, introduzindo efetivamente um vilão marcante, misturando diversos núcleos de forma fluida e divertida, mostrando cenas de ação de tirar o folego e, com muita coragem, matando personagens que você juraria que continuaria a ver por um bom tempo.”
Por Ryan Fields em crítica publicada em 27 de abril


– O Amante Duplo (L’amant double), dirigido por François Ozon, lançado em 21 de junho

“Caro leitor Metafictions, vá ver é ser provocado por O Amante Duplo. No fim, o filme deixa um incômodo bom, uma estranheza que a boa arte provoca. Desafia o espectador e expande os limites da arte. E mostra que o bom cinema é feito do que de mais humano há. Até das nossas familiares bizarrices.”
Por Marco Medeiros em crítica publicada em 20 de junho

Sugestões para você: