Não mexo aqui. Quem publica é o meu assessor.

Crítica: Maska

Com o surgimento do verbo quarentenar em nosso cotidiano, o indiano Maska, do diretor Niraaj Udhwani, surge como um prato cheio aos adeptos daquele filminho de Sessão da Tarde que a princípio não fede nem cheira, mas arranca uns sorrisinhos e traça paralelos bem…

Crítica: O Poço (El Hoyo)

Nesses tempos em que o coronga é apenas mais uma bolacha do pacote de desgraças cotidianas que nos assola, O Poço, do diretor espanhol Galder Gaztelu-Urrutia, surge como uma potente caricatura da nossa estrutura de sociedade fadada ao fracasso, ao desmascarar uma faceta que…