Professora de História, Potterhead, feminista e eterna filha da PUC. Troco pessoas por livros. Filosofia de vida: "Tudo que é sólido desmancha no ar."

Crítica: A Vida Pela Notícia (Morir para contar)

“Lá está nosso companheiro Kemmerich, que até há pouco ainda assava carne de cavalo e se agachava junto conosco nos buracos abertos pelas granadas; ainda é ele, porém já não é mais ele; suas feições ficaram imprecisas, indistintas, como duas fotografias sobrepostas na mesma…

Crítica: Lucifer – 4a Temporada

“Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo, pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas…

Crítica: Tuca & Bertie

“É exatamente esta a mensagem que os contos de fadas transmitem à criança de forma múltipla: que uma luta contra dificuldades graves na vida é inevitável, é parte intrínseca da existência humana, mas que se a pessoa não se intimida mas se defronta de…

Crítica: Virando a Mesa do Poder (Knock Down The House)

Sendo bem direta, não espere uma análise imparcial aqui, porque isso não existe. Somos estimulados, tocados, incentivados e levados à ação pelas representações discursivas que dialogam com nosso lugar de fala e de origem, sendo nossa subjetividade construída por nossas experiências e trajetória de…

Crítica: Terra à Deriva (Liu lang di qiu)

Trabalhando como professora do Ensino Fundamental I nos últimos anos, tive a oportunidade de ler as redações, bastante criativas diga-se de passagem, de alunos entre 8 e 10 anos. O foco do texto – e da mente – de qualquer criança saudável dessa faixa…

Crítica: Amizade Dolorida (Bonding)

A palavra bonding refere-se, entre outras coisas, à ação de se estabelecer entre duas pessoas uma espécie de química e intimidade naturais, que tornam o relacionamento (não necessariamente amoroso, mas certamente afetivo) em algo dinâmico, interessante e profundo, e é exatamente isso que a…