The only people for me are the mad ones, the ones who are mad to live, mad to talk, mad to be saved...the ones who never yawn or say a commonplace thing, but burn, burn, burn, like fabulous yellow roman candles exploding like spiders across the stars. - Jack Kerouac

Crítica: Nós (Us)

“Portanto, assim diz o SENHOR: Eis que trarei mal sobre eles, de que não poderão escapar, e clamarão a mim; e eu não os ouvirei.” – (Jeremias 11:11) O brilhante Jordan Peele ataca outra vez. Depois de lançar o fantástico e aclamado “Corra” e produzir…

Análise: Nós (Us) é um tour pela História dos EUA – SPOILERS

Como prometido, cá estou, após resenhar dentro de moldes não-comprometedores, falando sem compromissos com estragar surpresas no filme. É bem provável, leitor, que você tenha chegado a essa análise a partir dessa crítica. Nela explico a necessidade de separação, pois aqui haverá spoilers sem…

Crítica: Girl

Não sou transgênero. Portanto, nunca conseguirei me colocar no lugar de uma mulher trans inteiramente. Meu único acesso é pelo recorte em comum do chamado ser mulher –, e acaba aí. Tenho algumas conhecidas trans. De maneira corriqueira observei esse universo, mas longe de ser…

Crítica: Mademoiselle Vingança (Mademoiselle de Joncquières)

Numa França pós-revolução, já lá pro século XIX, temos em tela a placidez de uma vida aristocrática de Madame de La Pommeraye, que tem como grandes preocupações a arrumação minuciosa de vasos dentro de seu palacete campestre e a recepção de um marquês galudo….

Crítica: Pelas Ruas de Paris (Paris est à nous)

Sou agnóstica, mas meu ceticismo tem sido posto em cheque de uns tempos pra cá. A magia que a vida por vezes proporciona – toques, afagos, encontros e coincidências – faz com que eu reavalie a já acostumada solidão de existir no mundo apenas…

Crítica: As Ineses (Las Ineses)

O cinema argentino é fantástico. Para mim, especialmente quando se trata de comédias que fazem uso do recurso tragicômico na narrativa. As Ineses é um desses excelentes casos. Duas famílias vizinhas em uma cidade com alma de pequena, como Petrópolis por exemplo, têm suas vidas…