Cinéfila de carteirinha, excêntrica por natureza. Falou, pessoas!

Crítica: Emily em Paris (Emily in Paris) – 1a Temporada

Aaaaah, Paris. Cidade das Luzes, do amor e berço de lugares e monumentos icônicos, do Rio Sena à famigerada Torre Eiffel. Não falta o que fazer na capital francesa, e a lista de projetos que se passam lá é tão longa quanto a sua…

Crítica: Solteiramente (Seriously Single)

Se eu disse uma vez, já disse 600 vezes: comédias românticas fazem parte da linha extremamente tênue entre bom e ruim, contendo vários exemplos dentre os eixos da linha. Infelizmente, me parece que as mais recentes produções do subgênero caem no eixo negativo. No…

Crítica: The Politician – 2a Temporada

Vivemos num período em que tudo é incerto. Ministros se demitem e são demitidos, o Presidente está em guerra com o próprio país e, com um estalar de dedos, mais de 50 mil vidas são tomadas por um mal invisível. É em momentos difíceis…

Crítica: The Eddy

O jazz é um gênero musical movimentado pela seguinte dinâmica: ou você gosta ou não gosta. Além disso, está presente em vários filmes, como em uma das canções mais famosas de “Chicago”, o meme de “Bee Movie” e é uma das marcas registradas dos…

Crítica: The Midnight Gospel (1a Temporada)

Faz um mês que estamos em quarentena por conta do novo coronavírus e os meios de entretenimento convencionais também se adaptaram para tentar funcionar no estado caótico que o mundo se encontra. Uma plataforma que está funcionando acomodada às condições imitidas da pandemia é…

Crítica: Perícia Viciada (How to Fix a Drug Scandal)

Os escândalos de drogas mais famosos tanto da história quanto da mídia costumam vir da mesma semente: traficantes. Acredito que os cartéis de Medellín, Cali, Sinaloa e Guadalajara sejam os exemplos mais notáveis. Dentro da parafernália desses crimes, a Netflix produziu uma minissérie documental…