Pixar, esse estúdio que sempre nos apresentou animações originais divertidíssimas, que marcaram minha geração com clássicos como Toy Story, Divertidamente, Wall-e, Os Incríveis, Procurando Nemo, Up –  Altas Aventuras, e tantos outros, começa a dar sinais que nostalgia é igual a dinheiro e isso é mais garantido que originalidade. Confesso que não sou fã da franquia Carros e não vi o 2o filme.

Fields e Vettori

Ver animações que possuem apelo para público infantil é muito difícil para minha pessoa, já que os cinemas ficam lotados de crianças barulhentas e pais mexendo no celular. Pior… com filmes dublados.

Carros 3 será uma exata cópia de Rocky IV. Vemos Jackson Storm, carro feito com a mais moderna tecnologia, jovem, dominando todas as corridas. Até que chega o momento que ele confronta McQueen, nosso protagonista querido e campeão incontestável por gerações. Storm impõe uma derrota humilhante a McQueen, forçando-o a perceber que ele não está mais no auge de sua carreira.

O longa deve focar no seu retorno às pistas e seu treinamento rústico, mostrando que sabedoria e experiência conseguem vencer a superioridade tecnológica e a juventude de Jackson Storm.

Estaremos todos no cinema na sua estreia, dia 15 de junho desse ano, gritando Rocky! Rocky! Rocky!

Sugestões para você: