CinePigmeu dessa semana traz um outro título do bom Georges Méliès, o (por muitos) considerado primeiro filme de terror da História – conforme citação realizada em nosso Top 10 Filme de Terror, lançado dia 31 de outubro.

É fato que ninguém aqui terá medo ao assistir a sequência única que passa diante de nós; da mesma forma, há alguns elementos típicos do Cinema Mudo que, automaticamente, nos remetem à comédia (ou algo que flerta com isso). No entanto, as características marcantes do terror estão ali: vampiros, morcegos, bruxas, aparições fantasmagóricas, um lacaio nos moldes tradicionais e a cruz para expulsar esses entes do submundo.

Se você não considera esta obra de Méliès representativa do gênero, não ignore o fato de que, já em 1896, ele costurava, em pouco mais de 3 minutos, os principais elementos que, mesmo bem mais de um século depois, todos os outros utilizariam.

Sugestões para você: