Autor do bestseller que ninguém leu.

Crítica: The Last Days of American Crime

Me desculpe interromper o silêncio da sua viagem, mas precisamos conversar sobre um dos filmes mais constrangedores da história recente desta Terra plana. The Last Days of American Crime, que de tão ruim sequer foi traduzido para o português, é um novo longa da Netflix que…

Crítica: Betaal

Antes de mais nada, eu me sinto na obrigação de confessar que o tesão por zumbis nunca foi um fetiche que me fisgou. No auge do meu ócio, eu segui incapaz de dar play em obras como “Walking Dead”, “Resident Evil” ou “Zumbilândia”, então…

Crítica: Te Quiero, Imbécil

Te Quiero, Imbécil é uma comédia romântica bem padrãozinha que narra o período da vida de Marcos (Quim Gutiérrez, uma espécie de primo hispânico do Fiuk) em que as suas relações mais sólidas começaram a ser esfaceladas de uma só vez. O protagonista é…

Crítica: 18 Presentes (18 Regali)

Do lugar de fala de um exímio desapreciador de trailers, confesso que 18 Presentes me aliviou pois não entrega exatamente o que a sua sinopse dramalhona propõe. A obra italiana dirigida por Francesco Amato, se inspira na história real de Elisa Girotto, uma mãe…

Crítica: Estranhos em Casa (Furie)

Seguindo com o nosso catálogo de títulos exaustivamente recriados em busca de um apelo comercial que nem sempre faz sentido, Estranhos em Casa, do francês Furie, segue a premissa do “baseado em fatos reais” para colar o nosso bumbum na cadeira. O filme nos…

Crítica: O Silêncio do Pântano (El Silencio del Pantano)

Como não foi possível mergulhar de cabeça naquela lama e aspirar toda a água necessária para que os meus pulmões parassem de funcionar e me livrassem de vez desta tortura, sigo vivo, com menos uma hora e meia de vida, disposto a tentar colocar…