A extensa variedade dos vários tipos de comédia chama a atenção de diferentes públicos, desde aquelas de humor “inteligente” até as com uma vibe bem mais escrachada. Até que a Gente te Separe é um bom exemplo do adágio de que não tem como agradar todo mundo.

Nesta produção neozelandesa, Jen e Mel (Jackie van Beek e Madeleine Sami, respectivamente) são donas de um negócio que acaba com relacionamentos amorosos. Sério. As duas amigas fazem de tudo, por um preço justo, para quebrar uns corações, indo além da desculpa da “outra mulher”. Apesar de corrupta e antiética, é uma ideia original. Infelizmente, após os primeiros 30-35 minutos, minhas expectativas (e bom humor) foram por água abaixo.

Aquele sorriso de quando você odeia a sua sogra e descobre que ela vai passar o natal em casa.

Nos cinco minutos iniciais, vemos uma compilação de términos realizados pelas protagonistas e admito que ri muito. Me fez acreditar que seria uma comédia maluca no estilo de “Missão Madrinha de Casamento” e “Unbreakable Kimmy Schmidt”. Eles e a hilária imitação da Celine Dion que Mel faz foram os pontos altos. Os únicos, na verdade, pois com o tempo, a graça do filme foi diminuindo exponencialmente até chegar num ponto em que comecei a questionar “por que decidi assistis essa bagaça?” Resposta: não sei. Além disso, as protagonistas, van Beek e Sami, dirigem um filme de uma forma que beira o amadorismo e a incerteza do roteiro, que também é de autoria delas, conseguiu misturar coisas que odeio em qualquer produção: um final sem nexo, momentos que doem de tão bregas e personagens chatas e mal-construídas. Entenderia perfeitamente se a intenção do filme fosse essa.

“Elas disseram que seria divertido…”

O lado bom é que foram 82 minutos de comédia “xoxa e capenga” com 20% de “conteúdo” que salvam esse festival de “meia-boquice”. Boa parte da crítica classificou o longa como hilário. Nas palavras da raposinha do “Que Matinho é Esse?”, não “entendir”. Pelo menos não desisti no começo, o que prova minha força de vontade e se vocês quiserem descobrir sobre a de vocês, vão em frente.

Sugestões para você: