Dias de Trovão (Days of Thunder), de 1990, dirigido por Tony Scott

Clássico da Sessão da Tarde, Dias de Trovão estrelava um jovem e em ascensão Tom Cruise como um piloto novato de Nascar que se acha o gostosão porque ele realmente o era (afinal de contas, é o Tom Cruise) correndo em outra categoria. Eventualmente, o protagonista se envolve com Nicole Kidman e briga com Robert Duvall até ir ao fundo do poço. Este era um filme que passava na Sessão da Tarde, então é óbvio que ele vai sair do fundo do poço, dar a volta por cima e ser feliz para sempre. Apesar do roteiro ser algo bem genérico, a direção das cenas de corrida é excelente, com destaque para as espetaculares cenas de acidente. 


Carros (Cars), de 2006, dirigido por John Lasseter e Joe Ranft

A razão de Carros estar nessa lista é porque sim. E porque meus sobrinhos me fizeram assistir a isso 237 vezes antes da gente ver Carros 3 no cinema (assistam a esta aventura aqui). E, principalmente, porque, apesar de ser uma animação, tem em comum aquele mesmo tema que permeia todos os demais filmes sobre automobilismo: a obstinação e a vontade de vencer. McQueen (voz de Owen Wilson e com nome explicitamente inspirado em Steve McQueen) é um super campeão da Nascar em um mundo de carros antropomorfizados. Como acontece em uma porcentagem alarmante de filmes sobre esporte, McQueen cai em desgraça por algum motivo qualquer e precisa trabalhar duro para voltar ao topo. Curiosamente, este foi o último longa metragem de Paul Newman, que morreu no ano de seu lançamento. Considerando seu mais do que comprovado amor pelo esporte do automobilismo, esta passagem de bastão é de uma beleza poética.

Sugestões para você: