– O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas (The Map of Tiny Perfect Things), de 2021, dirigido por Ian Samuels

Há um clássico do Cinema chamado “Feitiço do Tempo”, no qual Bill Murray está preso no mesmo dia eternamente. Até que ele descobre que precisa se tornar uma pessoa melhor do que é para seguir em frente. Aqui, porém, dois jovens estão presos ao mesmo dia, mas são pessoas boas e a própria alusão interna ao filme de Murray mostra que a lógica narrativa não é a mesma. Mark (Kyle Allen) e Margaret (Kathryn Newton) se conhecem em meio a este loop que, depois de muita diversão, aparece como tédio absoluto. E – é óbvio! – isso tudo muda quando ele passa a nutrir um sincero sentimento pela guria.

Juntos, tentam decifrar seus próprios sentimentos e seu lugar no mundo, enquanto desvendam o que pode ser feito para que consigam atravessar esse dia e deixá-lo no passado.

Uma história simples e muito bonita sobre seguir em frente e se descobrir.

Sugestões para você: