– Cara Gente Branca (Dear White People), 2017 -, 2 temporadas, criada por Justin Simien, série original Netflix

Se em sua primeira temporada Cara Gente Branca se concentrava em ser, antes de qualquer coisa, uma bandeira içada bem alto e pecava tecnicamente em vários aspectos, a sua segunda temporada veio para apresentar uma série primorosa, com floreios e virtuosismos técnicos em praticamente todos os seus aspectos, o que a eleva a um nível muito superior do que a sua primeira temporada e faz com que ela se torne absolutamente obrigatória. Nesta 2a temporada, Justin Simien apresenta um roteiro brilhante, não-linear e brinda seus personagens com diálogos irritantemente bem escritos, dando voz a praticamente todas as vertentes do ativismo negro americano, além de magistralmente exorcizar toda a questão da famigerada “culpa branca”, tudo isso enquanto vai e volta em inúmeros personagens e em várias linhas temporais diferentes. É, ao meu ver, obrigatória e certamente a melhor temporada de série lançada este ano.
Por Gustavo David
Leia a crítica aqui!


Atlanta, 2017 – , 2 temporadas, criada por Donald Glover, série original da Fox Premium e com sua 1ª temporada disponível na Netflix

Já falei extensamente da minha absoluta paixão por esta série em nosso Garimpo Netflix: Hip-HopSe a primeira temporada da série é, sem exagero algum, a melhor temporada de série de comédia que já vi em toda a minha vida, a segunda temporada fica um nível atrás, mas, ainda assim, é inacreditavelmente brilhante. Mais uma vez contando com a direção inusitada (e foda) de Hiro Murai, com os roteiros geniais e Donald Glover e as atuações inspiradíssimas de absolutamente todo mundo, a 2a temporada se presta a desenvolver ainda mais os personagens, suas lutas enquanto negros do sul americano e sua busca por seus sonhos numa sociedade que não está muito interessada em ajudar. Toda essa densidade traz oportunidades para piadas fortes e relevantes, mas Glover não se coloca acima de rir de gente peidando ou de quebrar paradigmas ao meter um episódio praticamente de terror no meio da série. Trata-se de mais uma série obrigatória e eu não vou descansar enquanto não deixar isso claro para todo mundo que conheço.
Por Gustavo David

Sugestões para você: