A Gente se Vê Ontem (See You Yesterday), dirigido por Stefon Bristol, original Netflix disponibilizado em 16 de maio

“O final, mais ou menos como ocorreu num grande hit da Netflix do passado “Vende-se Esta Casa“, vai incomodar muita gente, apesar de funcionar perfeitamente dentro da dinâmica narrativa que o filme nos apresenta. Mas, escusadas algumas licenças que o roteiro tira para forçar determinadas situações relacionadas à lógica da viagem no tempo (e eu já disse aqui várias vezes o quanto eu odeio esse artifício), é uma obra que cumpre com muito louvor aquilo a que se propõe e ainda apresenta ao mundo dois atores dos quais acredito que veremos muita coisa no futuro.”
Por Gustavo David em crítica publicada em 17 de maio


É o Bruno! (It’s Bruno), 1a temporada, criado por Slick Naim, original Netflix disponibilizado em 16 de maio

“Conseguindo ser sutil e escrachada ao mesmo tempo, o roteiro é bacana, tem piadas geniais e uma dose legal de baixaria. Também aborda questões consideradas tabus na sociedade, como a gentrificação e diferenças socioeconômicas. Além de criar a série e dar vida a um personagem de carisma único (e ser realmente o dono desse cão fofíssimo), Naim também produziu, roteirizou e dirigiu todos os 8 episódios da temporada. Seu esforço e dedicação apresentaram efeito, afinal, a qualidade é surpreendente e dá ao público o que promete e mais.”
Por Valentina Schmidt em crítica publicada em 19 de maio

Sugestões para você: