– O Experimento de Milgram (Experimenters), de 2015, dirigido por Michael Almereyda

Mais um filme que está entre os mais originais, inteligentes e provocadores constantes do catálogo da Netflix. O Experimento de Milgram (que também tem o nome “Experimentos” quando lançado em DVD aqui) é praticamente uma peça de teatro baseada na vida e obra do famosíssimo psicólogo Stanley Milgram (interpretado com gosto por Peter Sarsgaard), o homem responsável por provar, cientificamente, a teoria filosófica da banalidade do mal de Hannah Arendt. Milgram fez um experimento sobre obediência cujos resultados são impactantes e reveladores até hoje, mais de 50 anos após.

Contando com uma linguagem cinematográfica bem diferente daquilo a que estamos acostumados a ver, o diretor Michael Almereyda também se valeu de um elenco com participações, ainda que breves, de nomes bem conhecidos para fazer um apanhado da carreira de Milgram e, no processo, nos ensinar (ou seria alertar?) sobre a natureza humana e a nossa capacidade inerente para o mal, em especial em situações institucionais como, por exemplo, no holocausto judeu da 2a Guerra Mundial, desfazendo a falácia da máxima “estava só fazendo meu trabalho”. Absolutamente correto em todos os seus aspectos dentro daquilo que se propõe, não tenho medo nenhum de dizer que trata-se de um filme obrigatório a todos que querem entender mais sobre si mesmos e sobre essa raça da qual todos fazemos parte.

Sugestões para você: