High Flying Bird, de 2019, dirigido por Steven Soderbergh

Do prestigiado diretor Steven Soderbergh, somos apresentados a um drama já explorado em outros esportes. Imagine que, por uma disputa – que obviamente envole dinheiro – entre sindicato dos jogadores, donos dos times e emissoras de tv, a NBA fica em pausa. Aproveitando essa crise, promovendo seu cliente e tentando fazer uns bons trocados, Ray Burke vai abalar as fundações de um esporte, que assim como todos os outros que movimentam muito dinheiro, se curvam aos interesses corporativos.

São muitas reviravoltas em um longa tecnicamente desafiador (vide que foi gravado todo com um Iphone 8) e que é a essência de nosso Garimpo, um bom filme que passou despercebido pelo grande público.

Clique aqui e confira a crítica na íntegra.

Sugestões para você: