– O Labirinto do Fauno (El laberinto del fauno), de 2006, dirigido por Guillermo del Toro

Esse filme é beleza em estado bruto. Passado na Espanha de 1944, ele conta a história da pequena Ofelia (Ivana Baquero) que é obrigada a seguir com a mãe grávida para uma base militar no interior do país onde as espera o cruel capitão Vidal (Sergi López), pai da criança prestes a nascer. Este é um momento bastante delicado na História espanhola, uma vez que, após a guerra civil (1936-39), sobe ao poder o “Generalíssimo” Franco, dando início a uma das ditaduras mais brutais do século passado. E, como bom soldado, a missão do capitão Vidal é esmagar um foco de resistência embrenhado nas montanhas do interior.

O filme costura de forma brilhante dois enredos paralelos e que conversam entre si: a crueza da guerra/resistência armada, motivo de estarem todos naquele cenário desolador; e o encantamento da menina Ofelia com os contos de fadas, que a faz mergulhar em uma missão conferida pelo Fauno do título, uma figura mitológica visível somente aos seus olhos. Ao enveredar por essa missão mágica, a menina escapará da realidade ao mesmo tempo em que irremediavelmente será esmagada por ela.

Vencedor de 3 Oscar, esse filme merece muito ser visto!

Sugestões para você: