Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana 3 bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores.


Quando ouço a frase “O cinema nacional não presta” e todas as sua variantes, imediatamente desconfio da inteligência ou conhecimento cinematográfico do interlocutor. Contra toda a sorte de preconceitos e também, em vários momentos, contra medidas estúpidas de governos, o cinema brasileiro, principalmente pós-retomada, produziu títulos nada menos que brilhantes, dentre os quais algumas dezenas de obras premiadas em vários festivais ao redor do mundo.

Essa semana trazemos para vocês 3 bons títulos produzidos aqui em Pindorama e disponíveis na Netflix. Fiquem com o Garimpo Netflix em homenagem ao Cinema Nacional!


– Getúlio, de 2014, dirigido por João Jardim

Nossa História está permeada de acontecimentos tão rocambolescos que, se bem explorados por nossa cinematografia, dariam um sem-número de excelentes filmes. Quando vejo um “Lincoln” estadunidense contando de forma competente as tramas de gabinete que desembocaram na abolição da escravidão naquele país, penso o quão fantástico seria se tivéssemos um filme narrando o nosso processo abolicionista, muito mais rico dramaturgicamente do que o dos nosso vizinhos do norte.

Nesse sentido, é um alento ver o trabalho do diretor João Jardim nesse Getúlio. O filme se concentra na sucessão de eventos que se inicia no famoso atentado da Rua Tonelero, tendo como alvo o opositor ferrenho do presidente da república, Carlos Lacerda, e que culmina com o suicídio de Vargas, dando um tiro no próprio peito em sua cama, no Palácio do Catete. Muito centrado na sóbria atuação de Tony Ramos, o longa é muito bem sucedido em dissecar os meandros políticos da história ao mesmo tempo em que é cuidadoso ao focar na dimensão humana de todos os envolvidos, em especial do presidente e de sua filha, Alzira Vargas, fiel escudeira do pai até seus últimos momentos.

Bom filme sobre página importante da nossa História, tão desbotada na memória das nossas novas gerações. Assista!

Sugestões para você: