Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana 3 bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores.


O Garimpo Netlfix dessa semana chega com duas obras reconhecidas pela crítica e pela Academia, com um total combinado de 11 indicações. Contudo, tirando sua indiscutível qualidade e de retratarem acontecimentos verídicos, suas histórias divergem bastante. Enquanto acompanhamos em uma os percalços e tragédia pessoal na Ásia/Oceania de nosso protagonista, na outra acompanhamos um crise catastrófica de proporções bíblicas que, inclusive, afetou a pessoa que vos escreve e até mesmo você. Finalizando, apresentamos uma série animada feita para quem nasceu nos anos 80 ou início dos 90 e que ama video games.

Sem mais delongas, divirta-se.


Lion: Uma Jornada para Casa (Lion), de 2016, dirigido por Garth Davis

Lion conta a história de Saroo, um jovem indiano adotado que tenta refazer seu caminho pela Índia quando criança para achar sua família biológica. Parece um enredo batido – e de fato é -, porém, durante essa empreitada, Garth Davis vai pegar seu coração emprestado e vai esfregar no asfalto quente do verão carioca, te conduzindo por duas horas por uma história localizada em um país que é essencialmente um depósito de seres humanos.

Caso você não esteja mais na escola, a Índia provavelmente se resume a uma região em que as pessoas não comem carne de boi, local de nascimento de Mahatma Gandhi e onde você pode bater uma foto maneira com o Taj Mahal ao fundo. No entanto, a Índia é uma das maiores potências militares, econômicas e políticas do mundo. Para ser uma potência desse calibre, uma série de fatores históricos colaboraram – a um preço altíssimo – para que isso ocorresse. Eis que entra o sistema britânico de trens no país, o maior construído em um colônia europeia. É a partir desse emaranhado de linhas que você acompanhará a saga de Saroo.

Confira a crítica dessa obra indicada ao Oscar 2017 em 5 categorias (dentre elas Melhor Filme, Melhor Ator e Atriz Coadjuvantes, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Cinematografia).

Sugestões para você: