– Perigo na Escuridão (Inside), de 2016, dirigido por Miguel Ángel Vivas

O campeão do título tosco tem a oportunidade agora de obter a atenção que deveria. É bem possível que você, ao se deparar com esse nome de filme, desista e continue em sua busca repetitiva e infinita na Netflix, que às vezes demora mais do que a própria exibição em si (isso se você insiste em não nos acompanhar, é claro).

Sarah Clark (Rachel Nichols) é uma viúva, grávida, com problemas de audição, que vive sozinha em sua casa. Tendo que se recuperar dos recentes escombros emocionais a que fora reduzida, ela faz de tudo para tentar manter uma vida normal. No entanto, sua rotina é chacoalhada uma vez mais quando uma intrusa (ainda bem que o filme não se chama “A Intrusa Suspeita” – aliás, o Garimpo também poderia ter sido chamado de “Garimpo dos Penetras”, hein) se faz presente em sua casa para roubar seu bebê prestes a nascer.

A luta pela sobrevivência aqui se dá de duas formas: a instintiva luta por se proteger e a incondicional luta por proteger a cria. Seguindo rumos semelhantes a outros filmes, a tensão aqui provém mais das limitações da protagonista do que da situação imposta por um algoz que resolve aparecer.

Sugestões para você: