O Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana 3 bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores.


Nosso garimpo desta semana é mais uma vez dedicado ao Cinema nacional. Extremamente combalido nos últimos anos, com falta de verbas e incentivos, o Cinema brasileiro frequentemente nos lembra de sua relevância e de seu poder como uma das ferramentas de auto-conhecimento de um povo.

Aproveitem as indicações e nos digam se gostaram!


– Como Nossos Pais, de 2017, dirigido por Laís Bodanzky

Sinto-me na obrigação de dar um alerta antes de falar propriamente desta bela obra da diretora Laís Bodansky: Se você acha que está em um relacionamento prestes a ruir mas tem muito medo desse passo decisivo, não querendo nem pensar na hipótese de um término doloroso, passe longe desse filme.

O filme conta a história de Rosa (Maria Ribeiro), bem menos “pra frentex” do que sua origem poderia supor, sendo ela publicitária e filha de pais-de-humanas-proto-hippies, que se vê obrigada a um reencontro consigo mesma e seus traumas passados e presentes ao se descobrir completamente sozinha em uma casa com filhas e marido enquanto desvela uma relação bastante conflituosa com sua mãe, Clarice (Clarisse Abujamra).

Ao longo de seus 102 minutos, Como Nossos Pais irá te emocionar com um roteiro denso e atuações bem acima da média, com ponto altíssimo para Maria Ribeiro e Clarisse Abujamra nos papéis de mãe e filha. Um filme sensível e universal que merece muito sua atenção.

Sugestões para você: