– Somewhere Between, de 2017, criado por Stephen Tolkin

Em seus 10 episódios de 41 minutos, “Somewhere Between” inicia de maneira dramática, com um psicopata em série culminando na execução da filha pequena de uma jornalista. A depressão que a puxa para baixo faz com que resolva tirar a própria vida. É quando o inesperado acontece: do nada, ela e um outro homem (sendo executado no mesmo local) voltam para dias atrás, com uma oportunidade única de descobrir a identidade do meliante.

A partir daí, o caráter sobrenatural ou sci-fi do negócio é completamente abandonado, sobrando um pouco de drama, suspense e até mesmo crítica política nos episódios que seguem. Os protagonistas, Laura (Paula Patton) e Nico (Devon Sawa), se juntam nesta mesma viagem insólita para apoiar um ao outro e conseguir mudar o rumo obscuro que suas vidas tomaram naquele outro universo que, ao que parece, fora reiniciado.

Apesar da proposta pouco convincente, e de uma deslizada aqui ou outra ali, a série cumpre seu papel fazendo com que o espectador siga, durante as quase 10 horas de narrativa, ávido por descobrir uma rede de conspiração que liga todos os personagens da série.

Sugestões para você: