O Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana 3 bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores.


Erra todo aquele que quiser evitar o presente Garimpo pela título: “Amor”. Não se tratam de indicações de comédia romântica ou de filmes fofinhos e clichês, que andam de mãos dadas e parecem eternos remakes sem nada a acrescentar ao espectador. Erra todo aquele que acha que assistirá por aqui obras melosas e que agradariam tão somente os apaixonados de carteirinha.

O que temos para hoje no atrasado Garimpo Netflix Amor são três obras americanas que tratam sobre o amor de formas diferentes, apesar de todas terem um pouco de drama, comédia e muito sobre reflexão. Uma fala do amor inesperado entre adultos; a outra sobre o amor que modifica ao longo dos anos de um relacionamento de ex-adolescentes que se tornam adultos; e a terceira acerca da descoberta do amor na juventude.

Boas realizações que vão além de um mero rótulo de gênero e que merecem um olhar um tanto mais sensível de seus espectadores.


A Mala e os Errantes (Tramps), de 2016, dirigido por Adam Leon

Garimpado pela minha amada mulher Leilane, A Mala e os Errantes é um filme despretensioso, mas com muito a oferecer. Tendo como maestro da narrativa o excelente e para lá de carismático Callum Turner encarnando o polonês Danny (fiquei fã do garoto), a realização já ganha em muito.

Devido a um contratempo de seu irmão, metido em atividades pouco convencionais, o tímido Danny tem que participar de um desses trabalhos, a pedido do familiar: ele só precisa trocar uma mala específica, em uma estação de trem, e voltar ao carro dirigido por Ellie (pela boa Grace Van Patten), quem conhecera no dia e que os levará ao destino combinado. Sem qualquer experiência no ofício, Danny vai à “labuta” da forma mais atrapalhada possível. Eis que o garotão pega a mala errada: o resultado é que ele e Ellie passarão o dia procurando desesperadamente o novo endereço do objeto. Durante essa jornada louca, sentimentos vão sendo aflorados e uma inesperada relação entre os dois vai sendo construída.

Um filme firme, caloroso e que toca com suas reflexões a partir de dois personagens que nos afagam em suas expressões, falas e olhares.

Sugestões para você: