– Do Fundo do Mar (Deep Blue Sea), de 1999, dirigido por Renny Harlin

O desejo humano de cruzar limites em prol da ciência só é superado pela sua própria estupidez. Eventualmente, ambos se cruzam e nos proporcionam os melhores filmes de ficção científica pipocões. Dito isso, estamos diante de uma obra recheada de guilty pleasures pra mim. Temos subestrelas de filmes de ação dos anos 90, com a exceção de Samuel L. Jackson, temos o protagonismo da criatura mais assustadora dos 7 mares, o tubarão branco, ou, como eu gosto de chamar, the great white shark, efeitos especiais já datados pra época e a morte mais tirada do cu da história do cinema.

Acompanhamos um grupo de cientistas fazendo avanços gigantescos na cura do Alzheimer e nos limites da ética dentro de uma instalação submarina. Contudo, um acidente ocorre e eles precisam chegar ao topo da instalação sem serem devorados pelo great white shark que ronda as profundezas do oceano. Não tô aqui indicando um filme ruim, tô indicando um filme para você esvaziar a sua cabeça e só curtir os clichês e Do Fundo do Mar cumpre todos os requisitos.

Sugestões para você: