– 100 Metros, de 2016, dirigido por Marcel Barrena

Meus (muitos) quilogramas a mais não dão qualquer indicativo, mas já fui um desses malucos que participa de provas de triathlon, corrida e natação em mar aberto. Portanto, tenho lugar de fala aqui pra dizer: é foda, viu? É muito legal, extremamente recompensador, mas não é nada fácil ter que acordar de madrugada pra treinar, vários dias na semana, se machucar eventualmente e ainda não ganhar um centavo por isso.

Logo, confesso que tenho uma inclinação bem pessoal pra indicar esse filme. Ele conta a incrível história real de Ramón Arroyo, o típico cidadão de classe média que vive para trabalhar até que seu corpo começa a falhar repetidamente. Não tarda para que ele seja diagnosticado com esclerose múltipla, e tudo parece indicar que em um ano ele não conseguirá andar nem 100 metros. No entanto, ao ver um cartaz de uma prova de Iron Man (o triathlon mais extremo), Ramón decide sorrir para o impossível e começar a treinar para um evento que é improvável de ser completado até mesmo por 99% das pessoas saudáveis.

A despeito de seu incontornável tom de filme de auto-ajuda, 100 Metros se escora em um bom roteiro e boas atuações para entregar um resultado bem legal. Vale sua atenção.

Sugestões para você: