O Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana 3 bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores.


Olha, você pode até negar, espernear, tirar onda de cult que reverencia a estética das produções bósnias da década de 70 e alegar que não há nada de bom feito pelo cinema americano desde “Cidadão Kane”. Mas, vamos combinar, o cinema como conhecemos hoje foi em grande parte moldado pelas produções americanas e, entra ano, sai ano, aquele país nos brinda com pérolas admiráveis entre um “Transformers 12” aqui e um “Velozes e Furiosos 32” acolá.

Portanto, nosso garimpo da semana traz 3 bons e recentes exemplares vindos da maior democracia do mundo, que não sabe contar votos e elege presidentes de forma indireta.

Aproveite!


– Beleza Americana (American Beauty), de 1999, dirigido por Sam Mendes

Beleza Americana é um tipo de filme que só poderia ser filmado onde foi (num subúrbio qualquer americano), que descreve dramas que só poderiam se desenrolar naquele ambiente específico, que tem personagens profundamente moldados pelo ethos americano, mas, que mesmo assim, consegue trazer à tona questões humanas bastante universais.

Aqui Kevin Spacey interpreta Lester Burnham, um homem em plena crise de meia-idade que tem uma espécie de epifania ao olhar de forma lasciva para uma das amigas de sua filha. Isso o faz acordar de seu verdadeiro coma suburbano e desencadeia uma série de ações que desvelará desejos e frustrações inconfessáveis daqueles que o rodeiam, como num castelo de cartas.

Talvez a definição mais bem acabada desse filme esteja no mote do trailer aí em cima. Se você acha que conhece o mundo e as pessoas à sua volta, “olhe mais de perto”. É o que esse filme faz de forma brilhante.

Assista!

Sugestões para você: