Uma Noite de 12 Anos (La Noche de 12 Años), de 2018, dirigido por Álvaro Brechner.

Saído do Cinema há pouco, este filme tem estado na lista de melhores do ano de muita gente (inclusive foi muito votado no nosso Top 10 – Melhores Filmes de 2018, ainda que não tenha entrado no top final). Uma produção espanhola, argentina e uruguaia, a obra retorna à ditadura militar uruguaia para contar a história de três presos que se tornaram reféns efetivamente do Estado – entre eles, ninguém menos do que aquele que, muito tempo depois, veio a se tornar o melhor presidente que a América Latina já conheceu, José Alberto Mujica (um cidadão que manteve em todos os seus dias sua convicção, sem se vender ao poder ou à corrupção, ainda mais quando estava no topo deste poder – até nisso, eles são diferentes dos que os daqui).

Contando no elenco com Chino Darín (filho do ícone máximo do cinema argentino, Ricardo Darín) como um dos três prisioneiros, a obra vai apresentando diferentes momentos dos encarcerados ao longo dos 12 anos em que estiveram proibidos até de falar. Um conto sobre resistência, convicção e memória, que os amigos latino-americanos-hispânicos fazem questão de manter – mais uma vez, diferente dos daqui, que optam por esquecer em poucos dias aquilo que passou.

Sugestões para você: