– Bon Cop Bad Cop, de 2006, dirigido por Erik Canuel

É meio estranho pensar isso, mas existe crime, assassinatos, tráfico de drogas e toda sorte de iniquidade também no Canadá. E lá, pior do que a rivalidade biscoito x bolacha (é biscoito), Brasil x Argentina ou direita x esquerda, é o fato de haver efetivamente dois países, com duas culturas diferentes, dentro de um só Canadá: o inglês/americano e o francês. Essa dicotomia faz parte da vida cotidiana de todos, mas, sendo isso aqui o Canadá, a violência é reservada basicamente para dentro do rinque de hóquei sobre o gelo.

Em Bon Cop Bad Cop, que é um trocadilho com aquela velha dinâmica do tira bom, aqui escrito em francês, e do tira mau, escrito em inglês, temos os excelentes Michel Beaudry, um policial de Quebec, e Colm Feore, um outro de Ontario, sendo colocados juntos para resolver um crime que ocorreu justamente na fronteira entre as duas províncias e que envolve a única coisa que une estas duas culturas: o hóquei. Este choque de cultura será um combustível hilário para este verdadeiramente acima da média filme do gênero chamado buddy cop, em que dois policiais, em geral de personalidades antagônicas, são obrigados a colaborar para servir e proteger.

Sugestões para você: