Lá em fevereiro de 2017, quando o seu site favorito sobre cinema veio ao ar, o formato do Garimpo era muito cru e profundo. Indicávamos apenas bons filmes que tivessem passado despercebidos pelo grande público ou que tivessem sido mal distribuídos no Brasil, sem qualquer outra restrição. Apresentamos obras belíssimas e de dificílimo acesso, como o sul coreano Hope. Por mais que cumprisse o seu papel, o quadro servia mais para evidenciar uma obra como artigo do que como uma indicação a ser vista, já que alguns dos longas foram assistidos por nossos escritores anos atrás em um cinema de rua de algum bairro bucólico metido a intelectual do Rio de Janeiro, estando somente acessível nos dias de hoje por caminhos escusos da internet.

Para tornar o quadro mais útil, optamos por indicar somente obras de fácil acesso do conforto do seu lar/celular. Para tanto a solução óbvia seria indicação dentro dos catálogos dos serviços de streaming. Em 13/06/2017 foi ao ar nosso 1o Garimpo NETFLIX (confira aqui!), indicando agora 3 ao invés de 1 obra, incluindo também outros formatos de audiovisual (séries, especiais de stand-up…) e aprofundando menos a respeito no corpo do texto. Deu certo. Obviamente que quando se pensa em streaming, a NETFLIX é a referência e, logo, é a plataforma que domina o quadro, o que não nos impediu de fazermos Garimpos para a HBO GO (clique aqui!), Amazon Prime Video (Terror e Animes) e Crunchyroll (Animes 1 e Animes 2) – e se vocês quiserem que façamos mais dos outros serviços, avisem-nos nos comentários.

Uma terceira e velada mudança veio em 08/08/2017 com os Garimpos Temáticos. Essa mudança não foi oficial (quando a diretoria decide que será assim comendo em algum podrão da zona norte do Rio), mas veio para dar coesão às obras da publicação, como no nosso primeiro Garimpo NETFLIX: Vampiros (confira!). Essa mudança foi gradualmente assumindo o formato do quadro e hoje ela impera como uma diretriz para nossos escritores caso queiram fazer um Garimpo. Embora quem decida se a obra é digna do quadro seja quem escreve – e como somos em 10 escritores, nosso conceito de digno difere bastante – algumas obras podem não ser consideradas boas o suficiente para figurar no trio de indicação, sendo vetadas por nosso editor-chefe Gustavo (que é escroto por vocação, basta ler no perfil dele).

Tendo isso em mente, chega um filho da puta que nem eu – obviamente contrariado por ter filmes vetados e sem conseguir completar um tema com 3 filmes – para subverter o sistema e apresentar 3 obras com o tema Salada Mista, ou seja, elas não possuem qualquer fio condutor que as ligue a não ser sua qualidade impecável. Apresento hoje dois formatos distintos, com dois longas e uma série, três gêneros de grande interesse meu, sci-fi (já com dois Garimpos no site, Sci-Fi 1 e Sci-Fi 2), aventura e policial e, por fim, passando-se em três locais distantes um do outro, EUA, África do Sul e Nepal.

Aproveitem e comentem o que acharam dessa minha filha da putagem!

Sugestões para você: