O Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana 3 bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores.


Seguindo na mesma toada dos Garimpos Netflix: Sci Fi anteriores, venho aqui hoje apresentar 3 obras bem diferentes entre si, oriundas de 3 escolas diferentes do audiovisual e que vai desde o hard sci fi até a ficção científica de monstro, passando ainda por um filme que tem por objetivo arregaçar a sua mente de tão maluco que é. Não por acaso, dois dos filmes indicados hoje aqui são de diretores cujas obras já foram apresentadas nos garimpos de ficção científica anteriores.

Fiquem com as indicações desta semana e não deixem de conferir os garimpos anteriores que trataram deste gênero: Garimpo Netflix: Sci Fi e Garimpo Netflix: Sci Fi 2. Divirtam-se!


– O Lagosta (The Lobster), de 2015, dirigido por Yorgos Lanthimos

Começamos nosso giro pelo mundo com este filme independente do Reino Unido, ainda que dirigido por um grego (Yorgos Lanthimos do excelente O Sacrifício do Cervo Sagrado, indicado em nosso Garimpo Amazon Prime) que, apesar do orçamento baixo, contou com nomes famosos como Rachel Weisz e Colin Farrell, ambos em estado de graça em seus papéis. No roteiro original do também diretor Yorgos Lanthimos, estamos em um futuro distópico não muito distante em que as pessoas solteiras são obrigadas a passar 45 dias no “Hotel”, onde deverão então encontrar um par ou ser transformadas em um animal de sua escolha e liberados na natureza. Não por acaso, o animal que o David de Colin Farrel escolhe é a lagosta do título.

Partindo dessa premissa absurda para fazer uma velada, porém ensurdecedora, crítica aos relacionamentos, satirizando-os quase que de forma a torná-los inexistentes, Lanthimos apresenta um filme propositalmente estéril e sem emoção, acertando em cheio no tom deste conto que lida com os extremos em uma sociedade atual em que as pessoas tanto se apegam ao polos.

Sugestões para você: