– Amantes Eternos (Only Lovers Left Alive), de 2013, dirigido por Jim Jarmusch

Jarmusch, realizador de pérolas como o recente PatersonGhost Dog e Estranhos no Paraíso do chamado cinema underground, é um diretor de muito prestígio artístico, apesar de não ser muito conhecido pelo grande público. É esse prestígio que lhe permite continuar fazendo filmes deficitários e com grandes nomes.

Neste Amantes Eternos, ele dirige Adam (Tom Hiddleston) e Eve (Tilda Swinton, sempre magnífica), dois vampiros que são casados há séculos, mas que estão morando longe por um tempo. Adam mora em Detroit e Eve mora em Tânger, no Marrocos. Adam passa suas noites compondo música anonimamente e indo de vez em quando ao hospital para conseguir alguns litros de sangue O- de um funcionário que o trafica sem fazer perguntas interpretado com elã por Jeffrey Wright. Adam está cansado, depressivo e decepcionado com os rumos da raça humana, o que faz com que Eve vá para Detroit tentar animar seu amado.

Infelizmente, a irmã de Eve, Ava (Mia Wasikowska), aparece por lá e põe tudo a perder. 

Amantes Eternos é, como soe acontecer na obra de Jarmusch, uma ode à arte e ao artista e, como tal, torna-se obrigatório, tal como a arte.

Sugestões para você: