Primeiramente surgindo como uma crítica ao capitalismo, geralmente retratados caindo aos pedaços e em obras de terror, os zumbis ocupam, há pelo menos uma década, um status elevado no mainstream do entretenimento. Temos inúmeros filmes, séries, games e até eventos nas grandes cidades que envolvem nossos queridos mortos-vivos.

Não demonstrando sinais de enfraquecimento, a cultura pop – seja com o cinema, televisão, quadrinhos, videogames, livros e qualquer outra manifestação artística possível e imaginável – explorou diversas formas de narrativa em obras que passaram um tanto despercebidas pelo grande público, mas que tratam desse tema tão popular.

Abra a sua mente e abrace essas obras!


Vida após Beth (Life After Beth), de 2014, dirigido por Jeff Baena

Vida após Beth é uma comédia divertidíssima que nos carrega pela relação de amor entre Beth (Aubrey Plaza) e Zach (Dane DeHaan). O único problema é que Beth morreu e deixou nosso camarada sozinho nesse mundão, cheio de tristeza e arrependimentos.

No entanto, ela volta a vida, mas não como um zumbi clássico. Ela volta completamente sã e com corpo intacto. Vemos sua mente e corpo deteriorando lentamente conforme o longa se desenvolve, abalando seriamente a sua relação com Zach.

Em uma linda alegoria sobre relacionamentos amorosos, Vida após Beth mostra como o tempo e experiências mudam substancialmente as pessoas e como nos relacionamos com elas, especialmente as mais próximas.

Sugestões para você: