Senhorio (em inglês, landlord, com tradução literal “senhor da terra”): substantivo masculino. 1. domínio ou direito do senhor sobre algo; mando, autoridade. 2. direito de propriedade sobre alguma coisa; domínio, posse, propriedade.

Inquilino: substantivo masculino. 1. indivíduo residente em imóvel alugado; locatário, alugatário. 2. eco organismo que habita o corpo ou o refúgio de outro sem prejudicá-lo.

Neste novo filme de Ira Sachs, acompanhamos a história da família Jardine composta pelo marido Brian (Greg Kinnear), a mulher Kathy (Jennifer Ehle) e o filho Jake (Theo Taplitz). Após a perda do avô paterno do garoto, com quem o próprio Brian não tinha uma relação muito boa, eles se mudam de Manhattan para o apartamento herdado no Brooklyn. Lá, tentam se adaptar ao novo local, mantendo muito da vida antiga (como seus empregos e escola), mas tecendo novas relações. A mudança, é claro, é muito maior para o pequeno, que precisa reconfigurar suas amizades. Para sua sorte, logo de cara é extremamente bem recebido por Tony (Michael Barbieri), filho de Leonor (Paulina García), que aluga uma loja embaixo do apartamento dos Jardine (que também faz parte da herança recém-recebida). No entanto, isso que parecia ser a resolução dos conflitos dos novos moradores torna-se, na verdade, seu principal problema.

“Você é um grande amigo”… “você também”

Jake é um garoto quieto, que se fecha em sua própria arte: pintar. O gosto pelas artes talvez tenha sido herdado de seu pai Brian, ator de teatro off-Broadway. Jake não se abre muito com os colegas de classe, ficando mais focado em suas ideias. “Um céu verde com estrelas amarelas”, pergunta-se o professor ao ver uma das pinturas do garoto. Ao responder que se trata do céu de Camp Jupiter, o docente faz seu papel de mais um tijolo no muro pessoal de cada indivíduo: “Tenha cuidado, Jacob. Van Gogh terminou cortando sua própria orelha”. Realmente, o menino estava certo de se fechar em si mesmo. Mas Tony, que vê nele um artista, consegue ultrapassar esse limite e, rapidamente, como sugere o título em português, os dois se tornam melhores amigos.

Por outro lado, a parte “alta” de suas famílias – os seus provedores e genitores – também se aproximam, mas em uma relação diametralmente oposta. A imigrante chilena Leonor, mãe de Tony, era muito amiga do avô de Jake, muito mais do que o próprio filho Brian. E por gostar de sua presença, ele cobrava um preço de aluguel aquém do que realmente valia. Agora, com a mudança nas relações de poder, o herdeiro Brian, americano nativo, vem querer renovar o contrato, cobrando três vezes mais do que de costume. Aqui se inicia a relação de interesses: o senhorio, aquele que exerce domínio (de acordo com a definição supracitada), quer aumentar sua fonte de renda. No entanto, o inquilino, (que neste caso difere da definição anterior, pois aqui há um situação de prejuízo por parte do dominante) se nega a pagar o novo preço. Dessa forma, a amizade dos meninos é abalada, pois os pais só pensam nos seus ganhos. Será que eles farão desmoronar uma construção pura de dois amigos?

O muro invisível que nos separa uns dos outros.

Tony quase nunca vê o pai, pois é “enfermeiro em Angola, uma colônia portuguesa na África” (sic, pois Angola é independente e FOI uma colônia portuguesa na África). Mas esta fala é importante, pois é a leitura que faço dessas relações. O Imperialismo não parou quando da independência das antigas colônias. Ele permanece, de forma microscópica, nas relações humanas. Se envolve ganho, propriedade, poder e dinheiro, então nada dá pra ser resolvido que não seja de maneira beligerante. E, assim como seu pai, que desaparece de tempos em tempos, também a possibilidade de ir-se seu melhor amigo torna-se algo real. Tudo por conta de um punhado de dólares a mais.

Ira Sachs dirige de forma sutil e delicada, falando sobre um tema cotidiano e sem grandes repercussões na narrativa. O filme é um momento na vida daqueles personagens e que muda os rumos e pensamentos de cada um. Mas a sensação que fico é a de que tentou-se falar sobre muitas coisas, não se falando muito sobre quase nada. Assim como aquela amizade que veio abruptamente e desapareceu repentinamente, esse longa atravessou o meu caminho.

Sugestões para você: