Não é de hoje que o Cinema é recheado de premiações pelo mundo afora. Há César, Cannes, BAFTA, Oscar, entre muitos outros. Cada qual com seu estilo, destacando diferentes obras, com orientações completamente distintas entre si. Desde produções extremamente conceituais ao Cinema-Espetáculo, as estatuetas envolvem tanto os artistas quanto os cinéfilos. É verdade, no entanto, que a maior visibilidade em termos de público são os Academy Awards – o Oscar – pelo dinheiro que movimenta e propaganda que realiza. Apesar disso, não é necessariamente o que mais preza pela Arte em seu estado mais puro.

Como fazemos todo o ano, logo após a festa hollywoodiana de americanos para americanos (muito embora, a premiação esteja ficando cada vez mais mexicana), há a nossa eleição MetaFictions. Nela, todos os colaboradores que se sentem aptos a votar em determinadas categorias elegem aqueles títulos e artistas que mais marcaram positivamente o ano. Dessa curta votação, entregamos nossa simbólica premiação àqueles que fizeram um trabalho inesquecível para nós, grandes amantes da 7ª Arte.

Foto da nossa cerimônia de premiação ocorrida na madrugada da última terça. Aqui, populares aplaudem a originalidade de nossa premiação.

São elegíveis as obras produzidas em 2017, bem como os artistas envolvidos em suas realizações. Dessa vez, todos os colaboradores votaram, com exceção de Vlamir Marques (nossa mais nova aquisição). Esses votos já estiveram disponíveis para vocês desde a publicação do Pitaco MetaFictions – Oscar 2018, quando apresentamos nossos palpites em relação aos votos da Academia (destaque para o papão Marco Medeiros, que acertou todos), bem como aqueles em quem votaríamos em nosso foro íntimo.

Na publicação de hoje, o resultado de todas essas escolhas unidas. Acompanhe algumas das principais categorias quem são os vencedores MetaFictions. Aproveite, por favor, para deixar aquele esculacho costumeiro porque não votamos em Star Wars para melhor filme.

And our award – que, no caso, é uma caixa de saborosas Paçoquitas Santa Helena por categoria, o que quer dizer que se tiver mais de um sujeito vencendo a gente espera que a porrada estanque – goes to… (na verdade ele não “go to” pra ninguém, mas ficará guardado em nossa nababesca sede esperando seus vencedores buscá-los ou então serem comidos por nosso editor chefe, o que vier primeiro).

Sugestões para você: