– Momento “Não me Diga…”

No final da temporada, Bran “chato pra caralho” Stark (Isaac Hempstead Wright) encontra Sam (John Bradley) e, FINALMENTE, resolve contar para alguém sua visão de que Jon era, na realidade, seu primo e não seu irmão. Porque ele quis contar para Sam e não para suas irmãs ninguém sabe. Foi tudo conveniente, contudo.

Descobrimos que Bran pretende contar a Jon que ele é filho de Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark, tornando-se, assim, um Targaryen bastardo. É bom lembrar também que a guerra que destronou os Targaryen teve seu estopim justamente no suposto rapto de Lyanna, que era prometida ao rei Robert Baratheon, por Rhaegar. Entendeu-se que a coisa havia acontecido sem o consentimento de Lyanna e então foi a guerra deflagrada

O que Bran não sabia (o que é estranho já que ele deveria saber de tudo) é que, conforme informou Sam e sua memória eidética, Jon não é um filho bastardo, pois Rhaegar anulou seu casamento anterior e casou novamente com Lyanna, chegando até mesmo a batizar o filho de Aegon Targaryen.

Essa confirmação da teoria que todo mundo já sabia ser verdade foi contada enquanto Jon/Aegon batia à porta de sua tia e consumava a foda draconiana e incestuosa pela qual toda a sociedade judaico-cristã ocidental estava hipocritamente torcendo

Sugestões para você: