– Momento “Churrascão de Domingo”

Acho que falo por todos quando digo que esse foi o ponto mais espetacular de toda a temporada, muito embora ele tenha tido furos clamorosos. Começando com um diálogo sempre interessante entre Bronn (Jerome Flynn) e Jaime (Nikolaj Coster-Waldau), os vitoriosos Lannister estão voltando para Porto Real após terem saqueado com sucesso Jardim de Cima e pagado a dívida com o Banco de Ferro. 

Daenerys, por sua vez, está putaça com o fracasso de sua campanha militar e resolve mandar atacar o regimento Lannister que ainda está se encaminhando a Porto Real. Os Dothraki aparecem cavalgando como loucos com Dany (Emilia Clarke) liderando o ataque montada em Drogon. Só a visão dos Dothaki já é o suficiente para encagaçar todo mundo, mas o brioco contrai forte mesmo é quando aparece o dragão.

A batalha seria espetacular mesmo que Drogon não estivesse ali carbonizando instantaneamente os soldados. Temos uma legião de Dothraki massacrando os Lannisters em cenas violentíssimas, Bronn sendo arremessado de seu cavalo por um Dothraki que, desrespeitando todas as leis da guerra, decepa a perna do pobre animal de seu oponente e cenas de batalha em geral muitíssimo bem filmadas.

Drogon funciona como um bombardeiro, abrindo buracos nas linhas inimigas e aniquilando tudo em seu caminho. Pela primeira vez vemos o poder total dos dragões de Daenerys e também pela primeira vez vemos que eles não são invencíveis, talvez já nos preparando para a morte de um deles no 6º episódio.

Apesar da forçação do roteiro que permitiu que Drogon fosse ferido e da água rasa por onde Jaime cavalga que fica profunda assim que ele cai do cavalo, a batalha do Loot Train ficará nos anais da série como o momento mais “PUTA QUE O PARIU!!!!” desta e de qualquer temporada até agora.

Sugestões para você: