Dia 2 de fevereiro de 2017 é a data de nascimento do MetaFictions, o dia que entrávamos no ar depois de muito trabalho para criar o site e organizá-lo como queríamos, e o dia em que eu escrevi essa fofura aqui. São apenas 10 meses de lá pra cá, mas a sensação é de muito mais. São 535 posts contando com este aqui, sendo que, destes, 299 são resenhas de algum filme, série ou episódio de série.

Destas quase 300 resenhas, apenas algumas pouquíssimas obras conseguiram alcançar a nota máxima de 5 claquetes e tão somente uma chegou ao posto quase inalcançável de detentora da 6ª claquete, a claquete de ouro, que separa os que com ela são contemplados dos demais. A ideia é a de que essa 6ª claquete premie apenas aqueles filmes que vão além e se tornam verdadeiras obras-prima da sétima arte. Curiosamente, esta única obra também levou uma nota vexatória de um outro colaborador do site, deixando claro para todos que aqui no MetaFictions todo mundo tem voz, mesmo quando são imbecis lazarentos (Marco Medeiros em um caso e Vlamir Marques no outro) que não concordam com a minha opinião.

Boa, MetaFictions!

Com a ajuda de vocês, um dia vamos ter patrocinadores e uma verba maior do que as 3 mariolas que cada um dos três sócios, em um assombroso total de 9 mariolas, colocam no site todo mês, o que nos permitirá resenhar absolutamente tudo que sai semanalmente nos cinemas e no streaming. Até lá, a gente vai se virando como dá, empregando nossos fantásticos colaboradores em condições análogas à escravidão, com Marco Medeiros e Larissa Moreno se digladiando para ver quem ganha o único chester de fim de ano que as nossas 9 mariolas conseguiram comprar.

Então, sem maiores delongas, fiquem com os filmes mais bem avaliados pelo MetaFictions esse ano e com um pequeno trecho da crítica original a seu respeito, lembrando que vários filmes excelentes ficaram de fora porque não conseguimos resenhá-los a tempo. Obras sensacionais como, dentre outras, Thelma, Columbus, VazanteBom Comportamento, Garota Ocidental e, principalmente, Os Parças, que já nasceu clássico (Tom Cavalcante e Whindersson Nunes no elenco, bicho!).

Não deixem de conferir também a nossa listagem dos Filmes de Pior Avaliação de 2017 do MetaFictions.

Sugestões para você: