Paterson, lançado em 20 de abril de 2017, dirigido por Jim Jarmusch

“Em meio a filmes que contam histórias através de 7 milhões de cortes por segundo e uma explosão a cada arroto ou peido, Jim Jarmusch opta pelo quieto, silencioso, trivial, mas que nos detona tão mais pesada e duramente do que qualquer outra bola de fogo barulhenta desses títulos que o público já está acostumado. Paterson fala sobre cada um através da alegoria desse motorista, não sendo desagradável, nem pessimista. Pelo contrário, a sua conclusão, dentro desse universo corriqueiro, é esperançosa. Ele poderá continuar sendo Paterson; não a cidade ou o filme, mas ele mesmo. Pois o que foi tirado dele pode ser reinventado pela sua força de vontade. (…) Paterson – o filme – fala sobre nós, sobre mim e sobre você.”

Por Rene Michel Vettori, crítica publicada em 20 de abril de 2017


Sobre Viagens e Amores (L’estate addosso), lançado em 4 de maio de 2017, dirigido por Gabriele Muccino

“O elenco nos faz pensar em transformar a categoria ‘Melhor Elenco’ em obrigatória para qualquer premiação, não somente o SAG. Que atores! Jovens, lindos e impecáveis. A força que imprimem a suas personagens cria na tela figuras completamente verossímeis, frágeis e fortes ao mesmo tempo, totalmente humanas. É um quarteto que merece todos os aplausos. Brando Pacitto deixa aquela sensação de ‘nasce uma estrela’ e Matilda Anna Ingrid Lutz faz lembrar a força impetuosa de uma Jane Fonda jovem. Você sai do cinema, no mínimo, querendo ser amigo daquelas pessoas.
Sobre viagens e amores é um pequeno filmaço. Quente, forte, bonito. Tal como o verão. Tal como viajar. Tal como amar. O refrão da música-tema resume a sensação: ‘Antes que o vento nos tire tudo e setembro nos traga uma felicidade estranha pensando em céus de fogo, ai, breve amor infinito, respira esta liberdade…'”

Por Marco Medeiros, crítica publicada em 3 de maio de 2017

Sugestões para você: