Coco. Vinho. Burguesia. Bocas. Essa é uma lista de coisas nas quais Gustavo David cospe. Advogado por formação, cinéfilo por opção e escroto por vocação, Gustavo David gosta de pensar ser capaz de esmagar um crânio humano com as próprias mãos, apesar de estar longe de ser.

Crítica: A Gente Se Vê Ontem (See You Yesterday)

Sabe quando algum produtor de Hollywood, na esteira dos movimentos por maior representatividade de minorias, simplesmente pega um filme estrelado por homens brancos e faz com que ele seja estrelado por mulheres, homens negros, mulheres negras, homossexuais ou qualquer outro grupo historicamente menos representado…

Crítica: Gente que Vai e Volta (Gente que viene y bah)

Permitam-me o obséquio de começar aqui contando uma historinha mais velha que posição de cagar. Mulher se muda à cidade grande em busca de desafios profissionais, sofre uma grande decepção amorosa, volta a sua cidade pequena – e suficientemente deslumbrante para que a gente…

Garimpo Netflix #19

O Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores. Hoje em nosso Garimpo vamos apresentar 3 obras COMPLETAMENTE diferentes entre si, de 3 escolas cinematográficas também TOTALMENTE diferentes….

Crítica: Jo Pil-Ho: O Despertar da Ira (Ak-jil-gyeong-chal)

Em 1992, o fantástico e subestimado Harvey Keitel estrelava “Vício Frenético”, um filme alucinado dirigido por Abel Ferrara no qual Keitel interpretava um policial corrupto, viciado, cachaceiro, putanheiro que, ao investigar o estupro e assassinato de uma freira, segue em um arco insano de…

Crítica: Baki – O Campeão (Baki) – 2a Parte

Esta é a crítica da 2a parte do anime. A crítica da 1a pode ser lida aqui. Meu primeiro contato com Baki – O Campeão foi como Baki – The Grappler e se deu principalmente por memes que invariavelmente retratavam homens impossivelmente gigantescos de…

Crítica: Vingadores: Ultimato (Avengers: Endgame)

Era meia-noite de uma quarta-feira quente na cidade de São Paulo. Eu havia acabado de passar as 2 horas anteriores enchendo o meu rabo num rodízio de comida japonesa muito bom cujo nome revelarei se eles me derem uns de graça. Chegando ao cinema,…