Primata diurno, eremita, gamer, cinéfilo, outcast, headbanger, otaku e nerd. Extremamente perturbado e desiludido com a humanidade. Possuo a grande necessidade que tudo seja crível... até mesmo o fantástico e fantasioso. Eventualmente abduzido. Instagram: @ryancampos1982

Crítica: Paddleton

De vez em quando a NETFLIX lança um blockbuster daqueles que você pagaria ingresso no cinema para ver, vide os recentes “Bird Box” e “Polar“, quebrando o paradigma que esses tipos de serviços tendem a nivelar por baixo seu conteúdo uma vez que não há…

Oscar 2019 – Pitaco MetaFictions

E mais uma vez começa a festa mais glamorosa – mas não a mais importante – do Cinema. A festa da indústria, mais do que da Arte, na qual os premiados tendem a ser aqueles cujos lobbys foram mais importantes do que qualquer mérito…

Garimpo Netflix #8: Oscar 2019

O Garimpo é um quadro do MetaFictions no qual indicamos toda semana bons títulos disponíveis nas maiores plataformas de streaming. Clique aqui para conferir os anteriores. Nessa semana que antecede o Oscar 2019, nosso Garimpo não poderia ter outro tema. Hoje apresentaremos três obras que…

Crítica: Poderia Me Perdoar? (Can You Ever Forgive Me?)

O Oscar 2019 já aparece no horizonte e os longas que disputam as estatuetas não param de chegar aos cinemas brasileiros. A bola da vez é indicado em 3 categorias – Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado – Poderia Me Perdoar?. O…

Crítica: A Terra É Plana (Behind the Curve)

Eu sou geógrafo de formação e especializado em geomorfologia (que estuda a forma atual do relevo) e educação ambiental. Contudo, muito antes de entrar para o magistério e ensinar que a Terra é arredondada – como a representação gravitacional do planeta num geoide –…

Crítica: The Umbrella Academy – 1a Temporada

A Dark Horse é daquelas editoras de quadrinhos que vivem às sombras das gigantes Marvel e DC, com um modesto número de histórias de grande sucesso que certamente você já ouviu falar. Nesse grupo seleto encontramos pérolas como os adaptados para o cinema “Hellboy”…