É muito difícil dizer por onde começou. Se foi um DVD mofado, um velho gibi encontrado ou aquele boneco de Natal. Fato que a febre do super-herói sempre chega, seja no azul grandiloquente da DC ou no vermelho aventuresco da Marvel. Discutir a melhor, a maior, é ponto chave na vida de qualquer fanboy que se preze. Todavia, de pouco valem esses arremedos de opinião. Essas criaturas criadas ora pela casa das ideias, ora pela “casa da genialidade” (meu modesto apelido para a DC) são a mitologia de uma era. Deuses, exemplos que com o passar dos anos vão saindo das páginas e telas para entrar em nós.

Super-héroi molda caráter, atormenta-nos inconscientemente no espelho e no jornal. A capa do Superman, o cinto de utilidades do Batman, as garras do Wolverine são partes de nós, de nossa identidade e visão. Alguns tem a ética moldada por Jesus, Abrãao e Maomé, tenho muito orgulho de ter erguido meus olhos pela televisão e aprendido humildade com o Tio Aquaman.

Seja nas narrativas coloridas, cheias de moral ou nas soturnas e sombrias, repletas de crises existenciais, acompanhar um super-herói é se conhecer, entender que não importa se você tem o laço da verdade ou super velocidade, os problemas vão chegar. Por isso temos que lembrar que o Bruce caiu para levantar.

Relembrar os melhores, passar essas páginas e exercitar a memória da primeira vez que soubemos quem era o Batman ou nos emocionamos com o Superman fazendo a Terra girar é relembrar nossa utopia, de fingir ser o Homem-Aranha, pular de um baú e o braço se esfacelar (relatos verídicos). Sobretudo, sentar na sala de cinema e observar as proezas de seres tão super quanto normais é fazer valer a frase do Clark Kent da vida real:

“We can be heroes, just for one day”

Por isso independente de editora, idade ou cueca por cima da calça, esteja na sala esta quinta, emocione-se com essa lista, porque lá no fundo somos todos um pouco eles, assim como eles são um pouco nós.

As regras para esse top eram simples. Bastava ser um filme com heróis (anti-heróis e gente sem poder valia) e live action. Com isso, foram citados 36 filmes de 90 possíveis, 18 deles de personagens da Marvel, 13 da DC ou Vertigo, 1 da Dark Horse, 1 da 2000 AD e 3 filmes com personagens escritos diretamente para as telonas do cinema (com 2 chegando ao top).

5 longas diferentes do Batman foram citados, 6 que envolvem o universo X-Men e 3 filmes diferentes do Homem-Aranha. O nosso primeiro lugar, talvez por ser óbvio, foi o único citado por todo mundo, recebendo uma pontuação de quase o dobro do segundo, que, por sua vez, foi também o segundo citado mais vezes, tendo sido votado por 7 dos 9 votantes.

Agora, sem maiores delongas, vamos ao Top 10. E que o hate comece nos comentários!

Sugestões para você: