Tag: cinema espanhol

Crítica: Boi

O primeiro longa-metragem de Jorge M. Fontana pode ser tão inquietante quanto cansativo, ou os dois ao mesmo tempo, isso porque sua narrativa caminha entre extremos, seja do caos ao silêncio, da adrenalina de uma rotina corrida ao vazio onde nada acontece ou de…

Crítica: La Casa de Papel – 3ª Parte

La Casa de Papel fechou sua história na segunda parte e isso é indiscutível. O anúncio de que produziriam uma continuação foi não só surpreendente, do ponto de vista de narrativa, como desnecessário; mas, do ponto de vista empresarial, é claro que fez sentido….

Crítica: 4 Latas (4L)

Um filme de roadtrip pode trazer belas lições de vida, proporcionar boas doses de comédia e/ou também emocionar com cenas dramáticas – vide “Pequena Miss Sunshine”,”Capitão Fantástico”, “Transamérica” e afins. O elemento principal que pode tornar um filme de roadtrip marcante é a enorme…

Crítica: Gente que Vai e Volta (Gente que viene y bah)

Permitam-me o obséquio de começar aqui contando uma historinha mais velha que posição de cagar. Mulher se muda à cidade grande em busca de desafios profissionais, sofre uma grande decepção amorosa, volta a sua cidade pequena – e suficientemente deslumbrante para que a gente…

Crítica: O Outro Pai (A pesar de todo)

Usualmente falamos – e voltamos a repetir – que toda semana a Netflix lança uma produção de comédia e que, além disso, parece dar especial atenção (no que concerne o acervo brasileiro, ao menos) às obras espanholas. Nessa semana, o streaming alia os dois filões, lançando…

Crítica: Quem Você Levaria para uma Ilha Deserta? (¿A quién te llevarías a una isla desierta? )

Todos tivemos a oportunidade, mesmo que desperdiçada, de participar de uma dessas festinhas universitárias em que há um encontro de tensões sexuais de jovens e drogas que permitem que elas sejam extravasadas. É comum nesse turbilhão sexual aqueles joguinhos do tipo verdade ou consequência,…